18 de março de 2009

Shame on you, pope...

O Papa bolorento vai a África e em vésperas de chegar ao umbigo do mundo tratou de esburacar uma das suas maiores feridas e pô-la a sangrar com intensidade: "usar preservativo é pecado". Dito isto, no continente que desesperadamente tenta travar o avanço da SIDA, fica a dúvida na cabeça dos católicos africanos: "salvamos a nossa vida ou a nossa fé?".

E assim vou confirmando a minha teoria de que a Igreja Católica há-de ruir por si só. Não há-de desaparecer enquanto houver homens e mulheres que pelo mundo se entregam realmente aos outros, em nome de Deus, e do bem do próximo. Mas há-de ruir a sua estrutura hierárquica sumida entre edifícios megalómanos e nos seus trajes bordados a ouro. Neste momento este núcleo faz mais mal aos católicos do que bem. Por isso, que se foda mesmo...

P.S. - não... nem pensar... não comento mesmo a excomunhão da menina, mãe e médicos que fizeram o aborto a uma criança de 9 anos que foi violada no Brasil. Tenho amor ao meu portátil e não vou burrifá-lo de vomitado.

2 comentários:

Isandes disse...

na sabia essa da excomunhão, k cena...
Tou como 1 amigo meu: os papas vão para lá tesos como 1 fuso e depois "flacidam"... O JP II foi o mais fixolas, quer dizer, dakeles k conheço minimamente (k são estes 2, aaiiiii..........)
má onda, muito mau. Mas na acredito k povos aricanos lhe dêem muitos ouvidos. bem, na hora de pinocar, na se deve pensar em papas. só se for os gajos,pa atrasar ejaculação, claro. mas é mau, SIDA, pois.
Cromos, todos. E calça sapatos Prada, é?... à frente...

Flávia disse...

em uma palavra: HIPÓCRITA (a Igreja)