31 de outubro de 2008

"O livro é uma merda!" :D

Um valente LOL para o magnânime António Lobo Antunes (o escritor de quem não consigo passar da 20ª página por ser burra de mais para ler os livros dele).

Acho que há uma guerra em Portugal entre escritores e hiscritores...

O escritor António Lobo Antunes, Prémio Camões 2007, disse ontem que o romance "A Vida Num Sopro", o último livro de José Rodrigues dos Santos, "é uma grande m...".

Citado pela agência Lusa, Lobo Antunes confessou durante um debate em Oeiras que fica "assombrado com pessoas que escrevem livros em dois meses", num país "onde todos são escritores". Referiu que ele é "lento", até porque não gosta de livros "fáceis (...), como as mulheres fáceis que nos piscam o olho".

Durante o colóquio, moderado pelo jornalista da TSF Carlos Vaz Marques, o autor de "Fado Alexandrino", sublinhou que lhe interessa falar das coisas "para as quais não existem palavras", porque a Literatura "é uma forma de pôr cá para fora as emoções".

Definindo-se como "um solitário", António Lobo Antunes revelou que trabalha actualmente 12 a 13 horas por dia numa garagem, por cima de um bar de alterne, na Rua Conde Redondo, em Lisboa, sem telemóvel e sem computador "e com o dinheiro nos bolsos como os ciganos".

Lobo Antunes lançou no início deste mês um novo romance ("O Arquipélago da Insónia"). (fonte)


By the way, vi num hiper o livro do JRS peguei nele, virei a contra-capa e assustei-me com o preço de mais de 20 euros... Por isto ainda não comprei nenhum dos seus livros...

Ah, a propósito do roubo do portátil do Miguel Sousa Tavares, que continha a sua próxima obra publicada, até me passou pela cabeça que tivesse sido obra do José Rogrigues dos Santos. Seria mais uma manobra mirabolante nesta fraticida guerra de Hiscritores :D

Vocês também acham que em Portugal há mais isqritores que leitores?

7 comentários:

Isandes disse...

Flávia, olha k este post foi-me ao psicológico!
1º, achei mt deselegante o Lobo Antunes vir dizer essas coisas. Tb não gosto de Margaridas Rebelos Pintos e Nicholas Sparks, mas respeito kem goste e se põem a malta a ler, vale.
2º, nunca li nada do Zé Rodrigues, mas conheço gente d mt bom gosto a dizer bem dakilo, logo dou-lhe benefício da dúvida
3º. Lobo Antunes não gosta de gajas k assumem o papel da sedução, mas deixa estar o seu estaminé por cima d1 bar de alterne... Não será para arranjar material prós seus livros? (HIPÓCRITA, então)
4º, esse sim, parece-me 1 gajo snob e elitista...
5º, não m importava de ser autora light, mas ter conta choruda...
6º, xuac

flá disse...

LOL isa
eu nada tenho nem contra um ou contra outro. Para falar a verdade, gosto de ambos.

Só não gosto dos preços dos livros do JRS. Esses sim, são snobs. Em contra-partida tenho um na prateleira do lobo Antunes ("Ontem não te vi em Babilónia") que já comecei a ler por duas vezes, mas ainda não compreendo a escrita dele (pelo menos os dele são bem mais acessíveis ao bols€o...)

Eu acho que se tivesses visto a entrevista que ele deu há uns bons meses à Judite de Sousa mudavas todas essas ideias que tens dele e tornavas-te fã. Foi o que aconteceu comigo. Na altura até fiz um post com várias citações inacreditáveis que recolhi dele nessa entrevista pois a alturas tantas achei um pecado todas aquelas pérolas esgotarem-se naquele instante. "Imortalizei-as" neste post: http://maravilha-de-mundo.blogspot.com/2006/10/lobo-antunes-na-grande-entrevista.html

Eu não tenho muito tempo para ler, por isso tento ler o melhor e dar prioridade a autores tugas. Depois do que ouvi sair da boca daquele homem acho que ele está nessa restrita elite e tem todo o direito a dizer as conices que quer.

Ainda estou à espera de crescer para conseguir ler um livro dele (peço desculpa pela minha limitação, mas tb não desistirei). Quando o conseguir, claro que o anunciarei aos quatro ventos. Mas tb já coloquei outros titulos à frente. Um dia, quando for grande...

flá disse...

Ah, esqueci-me do teu xuac ;-) (com xi-coração)

Jorge Rita disse...

Eu estou a ler um livro do JRS (que me ofereceram) e estou a gostar...Com o Lobo antunes nunca tive nenhuma experiencia.
Boa semana! Vamos sentir falta!ehehehje
:) bjokas

Isandes disse...

Tens razão, Flá, ele é 1 tipo especial. Nunca disso duvidei.
Achó é k qualquer figura pública, escritor ou não, tem k ter cuidado com a voz; não pode dizer o k lhe vem à cabeça... Frontalidade e opinião são compatíveis com bom senso; é k ele modelam juízos...
Mas isso sou eu a pensar (sou Balança, 1 seca! sempr k a mania do equilíbrio, blá blá...)

flá disse...

Balança: procuram a harmonia, a beleza, a perfeição ao seu redor. São também indecisos, por vezes influenciáveis; têm dificuldade em fazer escolhas pois, por qual dos pratos optar? o Ideal é tentar manter o equilíbrio ;-)

Deves ser muito gira, os Balanças têm essa particularidade.

*****

Pois eu gosto é de ver tudo a arder e adoro pessoas frontais como ele :D E o Lobo Antunes é dos poucos que pode dizer o que quer. (É óbvio que as mesmas afirmações dele saídas da boca do Cláudio Ramos, por exemplo, motivar-me-iam a escrever a deitá-lo abaixo :P)

Isandes disse...

Indecisão é o meu nome do meio :) kiss