23 de outubro de 2009

Dor de cabeça...

... sentimos quando perdemos a carteira. É toda a nossa existência cívica ali concentrada. Desaparece aquele núcleo e passamos a ser ninguém, quanto muito um anónimo com um grande problema burocrático por resolver...

É nestas situações que verificamos quão vulneráveis estamos, dependentes de uns míseros cartões de plástico ou papel, que comprovam na hora que somos cidadãos de direito.

Perdemos a carteira e deixamos...
- de poder conduzir, sob pena de sermos parados na estrada pela BT e não ter qualquer merda que nos identifique e que legitime a nossa acção ao volante...;
- de ser donos do nosso carro, porque pode ser roubado, já que o livrete do carro também estava na carteira;
- de ser portugueses e passamos a ser tão gente como qualquer emigrante ilegal (só que sem sotaque);
- de ter dinheiro, já estava todo concentrado naquele cartãozinho com banda magnética...
- de dormir, só de pensar - onde raio anda a minha carteira? - e perdemos tempo a fantasiar episódios de terror tipo "vão limpar-me a conta e deixar-me tesa" ou "vão duplicar-me a identidade e daqui a uns meses vão me chover cartas com dívidas feitas em meu nome" ou "mais cedo ou mais tarde aparecem-me em casa a reclamar o meu carro e ainda me acusam de roubo"...

E pronto, perdi um bocado grande de mim...

Felizmente ligaram-me na noite em que perdi a carteira (da parte da organização do evento que eu fui cobrri na Exponor e onde perdi a carteira) a dizer que a tinham com eles e a dar-me indicações como a recuperar. Sei que a esta hora está mem boas mãos e brevemente a reaverei (resta saber com o quê dentro...). Contudo não deixa de me intrigar como é que esta malta da Segurança chegou ao meu nº tlm quando dentro da carteira o dito cujo não estava escrito em local algum...

3 comentários:

Isandes disse...

k bom k encontraram, k mau teres-te lembrado desse pormenor do telefone...

Flá disse...

nem me digas... :S

.J. disse...

Humm realmente... se calhar pelo nome deram com a carteira de jornalista e andaram a indagar??