24 de março de 2009

Deixem o homem em paz e procurem rumo na vida!

Quando o futebol deixa de ser desporto para se transformar nesta merda... Pá, se é a porra da taça que querem, que a metam pelo cu acima! Agora, cresçam e sejam homenzinhos!
Lucílio Baptista ameaçado de morte

Lucílio Baptista está a passar maus momentos. Ao que o DN apurou, o juiz setubalense foi alvo de várias ameaças telefónicas, por sms, mas o que deixou realmente preocupado o árbitro internacional foi um e-mail recebido durante o dia de ontem que ameaçava a sua integridade física bem como do seu núcleo familiar.

O árbitro da final da Taça da Liga tinha previsto deslocar-se a Queluz de Baixo, onde ficam situados os estúdios da TVI, contudo, a ameaça por e-mail deixava claro que o juiz estava por sua conta e risco caso se dispusesse a ir ao canal privado. Esta foi mais uma entre várias intimidações, com extrema agressividade, recebidas por Lucílio Baptista.

Mal esta sequência de ameaças ganhou forma, o árbitro remeteu--se à sua residência, situada na margem Sul do Tejo, por aconselhamento da Liga de Clubes. a quem deu conta do que se tinha passado e das ameaças recebidas assim como do teor das mesmas. Aliás, o organismo que tutela o futebol profissional em Portugal esteve em permanente contacto com Lucílio Baptista, numa espécie de apoio à distância.
(mais aqui)

9 comentários:

Jorge Rita disse...

Oh Flavia...a Taça ainda é grande!!!!ehehehheheheh

Flávia disse...

ainda melhor! mais vão gostar...

Jorge Rita disse...

ehehehehehehehehhehehehehehhehehhehehehehahahahahhaha.....hahhahahahah

Zaramateka disse...

Mais uma peca de jornalismo fabuloso trazido ate nos pelos jornais da ControlInvest! O drama, o horror de Lucilio Baptista praticamente a viver no Afeganistao.

Flávia disse...

oh zamaratosga, dizem q setubal por estes dias (com assaltos, assassinatos e mais n sei o quê) está pior q o afeganistão. a notícia n é apenas comum aos jornais do Oliveirinha. :-**

zaramateka disse...

Até acredito que tenha tido grande destaque, mas gosto sempre destes relatos que nos levam a imaginar um Lucílio Baptista barricado em sua casa, debaixo de uma mesa, a tremer de medo. Convenhamos que é exagerado tendo em conta o real teor de risco. Para além de ser contraproducente, visto que o que os ignorantes que fazem estas ameaças querem é ver este fogo de artifício.

PS: mas a bem que já lhe acertavam o passo, a ver se para a próxima abre os olhos ;)

Flávia disse...

Lol Oh sara isso é porque não viste as reportagens na TV! Neste momento nada excede a deploração das tvs...

e porque é que o Lucílio merece agora mais que lhe acertem o passo do que quando prejudicou o Benfica ou outro clube qualquer antes? Sabias que o Benfica nunca ganhou nenhum jogo com ele nos ultimos dois anos? E não foi às custas de arbitragens exemplares... É só um exemplo...

enquanto questões futeboleiras forem empoladas desta forma esquece-se de falar no essencial. quem tem contas a prestar de momento agradece o circo.

Zaramateka disse...

Nao podia concordar mais contigo, quer na questao da decadencia televisiva nacional, quer na exagerada importancia mediatica dada ao futebol.
Quanto a Lucilio Baptista nao faco ideia. A minha frase era uma piada e baseada em clubite pura, pq eu nao acompanho a vida futebolistica. Se calhar ja lhe deviam ter acertado o passo ha mais tempo, mas que a justica portuguesa e demorada isso ja nos sabemos ;D

Abraco

Flávia disse...

:D eu percebi que era ressabiamento clubístico, zaramateira! Mas a verdade é que falando sério acho que o homem está bem como está, ninguém tem nada que lhe acertar o passo, pois parto do princípio que, se pontas de lança que ganham milhões e são profissionais podem falhar golos de baliza aberta, ou treinadores falhar nas tácticas para um jogo, os árbitros na sua condição amadora e de frágil preparação para o desempenho das funções (muito longe dos centros de estágios próprios) têm o direito à mesma humanidade que lhes dá permissividade ao erro. Senão, que lhes sejam dadas as mesmas condições que a outros actores en campo... ainda para mais, errando, ficam completamente desprotegidos, nem um organismo em condições têm para lhes fazer a defesa. o futebol é uma arena e muitas vezes são eles os cristãos... (mas tb há os corruptos :D quer pela falta de carácter, quer se calhar pelas condições que acabei de enumerar). dá que pensar... se as coisas do futebol fossem na maior parte das vezes analisadas, por quem de direito, com mais razão e menos coração o futebol evoluía. assim, prevejo um futuro negro...

dissertei bem, não dissertei? :D
outro abraço, miuda!