27 de janeiro de 2009

Desafio a mim mesma e a quem queira juntar-se...

Esta semana não começou bem... Não falo na minha em particular, falo no GERAL: as notícias de dezenas de milhares de despedimentos por todo o mundo cria um sentimento global de solidariedade (e de receio que calhe a nós...). Como eu previa em posts de há semanas e meses atrás, "o pior está para vir"... (Isto não faz de mim uma especialista macro-económica, nem uma vidente esmerada, claro...)

É por isso mesmo, também de esperar, que arranque um tsunami de sentimentos depressivos em todo o mundo (ocidental e capitalista). Nada mais natural. Mas é preciso contrariá-lo, com coragem e força de vontade. E muita solidariedade. Se o sol aparecesse já ajudava bastante, mas nem os deuses parecem dar uma mãozinha...

Por isso (e porque atravessei, no início do ano, a chamada depressão "quero mudar de vida porque já não aguento mais", que me fez olhar exclusivamente para o meu umbigo) proponho que criemos:

o MOVIMENTO A FAVOR DO SORRISO, DAS COISAS SIMPLES DA VIDA E DO POSITIVISMO PARA COMBATER A CRISE

- Em que consiste e como fazer para contribuir para o seu sucesso?
- É simples: têm que fazer uma doação - no mínimo de 50 euros -depositados na conta...
ESTAVA A BRINCAR :D

Basta estar atento ao dia-a-dia, e episódios sublimes a que assistamos, histórias incríveis que oiçamos, momentos ternurentos que captemos (quer numa máquina fotográfica ,quer no nosso cérebro) partilhá-los com a humanidade (ou simplesmente com os fieis visitantes dos nossos cantos), para semear sorrisos, ensinamentos de vida e tentar atenuar um pouco a brutalidade dos tempos que atravessamos.

Eu sei que é uma contribuição singela. Mas acho que deve ajudar, acima de tudo, a nós mesmos.
Eu vou andar atenta, mas vou preferir contar histórias com imagens simples, acho eu...

7 comentários:

Jorge Rita disse...

Podemos chamar ao movimento : "Venda banha da cobra, by Flá"????
ehehehehehehe

Flávia disse...

:-( é com boa intenção.

Jorge Rita disse...

(Agora o comentário responsável)
Fazer do positivismo corrente de vida, encarando os desafios e contribuindo na re4solução dos problemas sem lamento penso ser a melhor maneira de "por o tal sorriso".

Jorge Rita disse...

(és mais rapida que qa minha sombra!!!)

Flávia disse...

ah bem! então percebeste a minha intenção ;-)

Eu a sacar palavras do teclado sou um ÁS :D

Isandes disse...

góstêi.

PontoGi disse...

olha eu nao consigo acordar sem esbocar um sorriso na cara!
bjo