3 de novembro de 2008

Vamos ser Pais Natal!

Achei esta ideia brilhante e capaz de fazer a diferença no Natal de muitas crianças!
Recebi por e-mail e divulgo-a na esperança que se crie uma onda... :-)


NATAL 2008 – ESPALHE ESSA IDEIA. Que tal ir a uma agência dos Correios e escolher ao calhas uma das milhares de cartinhas dirigidas ao Pai Natal que crianças pobres escrevem e concretizar alguns dos seus desejos? Há pedidos inacreditáveis: crianças que pedem um casaco, uma camisola contra o frio para a avó... A ideia é escolher a carta e entregar o presente num posto dos correios até ao dia 20 de Dezembro.O próprio correio se encarrega-se de fazer a entrega.

A ideia é gira, mas é bom que nos informemos da sua viabilidade, uma vez que esta mensagem tinha um português abrasileirado (que encarreguei-me de "corrigir") e podia não ser dirigida à nossa realidade.

De qualuqer forma, é um excelente mote para fazer algo do género: se não for através dos correios, porque não contactar uma instituição de solidariedade, reunir uns amigos e fazer algo pelo Natal de crianças ou velhotes, ou mesmo pessoas sem família, abandonadas, sem abrigo, etc...

Se tiverem outras ideias partilhem.
Eu sei que a vida está complicada, que provavelmente este ano haverá cortes no orçamento e na lista de prendas a oferecer... sei também que tempo livre, para muitos, é algo que escasseia... mas uma iniciativa destas é capaz de nos encher o coração de calor e sentirmo-nos realmente importantes, dar sentido a esta época e marca-nos, tenho a certeza (mais não seja, faz a diferença para os outros). Tenho a certeza que com pouco se conseguiria fazer muito!...


2 comentários:

Isandes disse...

Tenho pensado neste teu post.
Mas esta cena do pai natal pode ser tricky...
Imagina que o miúdo/a que te sai na rifa pede 1 playstation? Ou pior, bem pior, te pede o seu papi de volta(entretanto falecido)?...

flávia disse...

Sabes, Isa, tb me coloquei essa questão. Mas depois pensei :"o que é que importa afinal neste gesto? é demonstrar à criança que não foi esquecida" e se não receber a Playstation recebe outra coisa qualquer, oferecida do coração, mas recebe. E se não recebe o pai de volta, recebe uma lembrança bonita que torne aquele natal mais confortável e inesquecivel e uma cartinha com palavras de animo que se calhar ajudarão muito. Lembra-te que és o Pai Natal, as tuas palavras terão outro peso ;-)

Ai o natal deixa-me lamechas...