7 de agosto de 2008

Trabalhar para o bronze

Nunca a expressão fez tanto sentido literal na minha vida.

"Ah tás tão morena!"
eu: "É de trabalhar"
"Pois... imagino..."
eu: "É verdade! Será que ninguém acredita em mim?"

2 comentários:

Jorge Rita disse...

Bom, tu gostas mesmo do blog.É que depois da ausencia essa cabecinha não pára de debitar matéria!!!O bronze de trabalho é facil de justificar: juntas os bracinhos e mostras que o esquerdo esta mais~chocolate que o direito.

flávia disse...

LOL mas acontece que não tenho só um bracinho bronzeado, tem os dois, as costas, a frente, o rosto e meias pernas :D daí pensarem q tenho andado é pelos areais...

É pá, encontro-me em fase de pré-férias, estou mais desafogada e sem problemas... tecnológicos... dái poder vir para aqui meter mais nojo.